19/05/2013

Psalmus 5



Psalmus 5, 2-10. 12-13
Oratio matutina ad implorandum auxilium



Verba me a áuribus pércipe, Dómmine;
intéllege gémitum meum.
Inténde voci clamóris mei,
Rex meus et Deus meus.


Quóniam ad te orábo, Dómine.
mane exáudies vocem meam;
mane astábo tibi, et exspectábo.
Quóniam non Deus volens iniquitátem tu es;
neque habitábit iuxta te malígnus,
neque permanébunt iniústi ante óculos tuos.

14/05/2013

Exercício de Leitura



Aerumna, preocupação.          Aedes, casa.

   Zelus, ciúme.                   Amicitiae, amizades.

  Coërceo, constranjo.         Poenus, cartaginês.

Caelum, céu.                  Judaeus, judeu.

Jura, direitos.                 Major, maior.

12/05/2013

Formas Primitivas (modos e tempos)




    O infinitivo presente, o perfeito do indicativo e o supino chamam-se “Formas Primitivas”, porque da parte invariável deles derivam todos os tempos.


07/05/2013

Psalmus 4


Gratiarum actio













Invocántem exáudi me, Deus iustítiae meae;
in tribulatióne dilatásti mihi;
miserére mei
et exáudi oratiónem meam.




Fílii hóminum, úsquequo gravi corde?
ut quid dilígitis vanitátem
et quaéritis mendácium?
Et scitóte quóniam mirificávit Dóminus
sanctum suum;
Dóminus exáudiet, cum clamávero ad eum.

Irascímini et nolíte peccáre;  
loquímini in córdibus vestris,
In cubílibus vestries et conquiéscite.
Sacrificáte sacrifícium iustítiae
et spate in Dómino.

Multi dicunt: Quis osténdit nobis bona?
Leva in signum super nos
lumen vultus tui, Dómine.

Maiórem dedísti Iaetítiam in corde meo,
quam cum multiplicántur
fruméntum et vinum eórum.
In pace in idípsum dórmiam et requiéscam,
quóniam tu, Dómine, singuláriter in spe
constituísti me.

05/05/2013

Formação dos Tempos





Da parte invariável do Infinitivo Presente formam-se:


1.      O presente, o imperfeito e o futuro 1º do indicativo (ativo e passivo): Vet-o e vet-or, vet-abam e vet-abar, vet-abo e vet-abor, etc.

04/05/2013

Psalmus 3



Dominus protector meus












Domine, quid multiplicáti sunt qui tríbulant me?
Multi insúrgunt advérsum me,
multi dicunt ánimae meae:
Non este salus ipsi in Deo.

Baependi/MG - Fotos Antigas



     Estas fotos são da visita da família do barão de Oliveira Castro na cidade de Baependy - Minas Gerais. Datada na primeira metade do século XX.

     Fotografado por Octávio Mendes de Oliveira Castro (1874-1935), filho do barão de Oliveira Castro.

Estas fotos pertencem ao Museu Imperial – Petrópolis - RJ




03/05/2013

Ouro Preto/MG - Fotos Antigas


Igreja São Francisco de Assis - Ouro Preto - MG


 A igreja mais magnífica do barroco mineiro. Sua construção foi iniciada em 1766. 

É considerada obra-prima de Aleijadinho, responsável pelo risco geral do prédio, portada, tribuna do altar-mor, altares laterais e capela-mor. 

02/05/2013

Modos e Tempos


   O indicativo, o subjuntivo e o imperativo chamam-se modos finitos; os infinitivos, os particípios, o gerúndio e os supinos chamam-se modos indefinidos ou formas nominais do verbo.

01/05/2013

Ouro Preto - Fotos Antigas

Igreja Nossa Senhora do Pilar - Ouro Preto - MG


O projeto desta igreja, considerada uma das mais requintadas do barroco, é atribuído a Pedro Gomes Chaves. A talha da capela-mor foi executada por Francisco Xavier de Brito. 

O acervo ainda inclui magnífico talha coberta de ouro e mais de quatrocentos anjos esculpidos. Foram empregados em sua ornamentação cerca de 400 quilos de ouro e 400 de prata.






30/04/2013

Psalmus 2

Messias rex et victor











Quare fremuérunt gentes,
et pópuli meditáti sunt inánia?
Astitérunt reges terrae,
et príncipes convenérunt in unum
advérmus Dóminum et advérsus christum eius:
Dirumpámus víncula eórum,
et proiciámus a nobis iugum ipsórum!

28/04/2013

Psalmus 1

De duabus hominum viis











Beátus vir, qui non ábiit in consílio impiórum,
et in via peccatórum non stetit,
et in convéntu derisórum non sedit;
sed in lege Dómini volúntas eius,
et in lege eius meditátur die ac nocte.


14/04/2013

Nossa Senhora do Pilar - Ouro Preto - MG

      A construção da Igreja de Nossa Senhora do Pilar, Matriz do bairro de Ouro Preto, foi iniciativa de duas Irmandades associadas: a do Santíssimo Sacramento e a de Nossa Senhora do Pilar, fundadas no mesmo ano de 1729. Essas Irmandades, de homens brancos, eram ricas, e decidiram construir sua igreja quase ao mesmo tempo que a outra Matriz, a de Vila Rica da Conceição de Antônio Dias. declarou ser do Sargento-mor Engenheiro Pedro Gomes Chaves. Sabemos com segurança, que lhe deu o projeto da capela-mor, por documento de 2 de agosto de 1741. A construção da igreja foi iniciada, conservando-se a capela-mor da primeira construção de taipa. Simão Ferreira Machado, a pedido dos irmãos pretos da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário, escreveu uma pitoresca descrição, muitas vezes citada. 

São Tomé das Letras - MG


     São Tomé das Letras- MG (Sul de Minas Gerais. Além do misticismo da sua cidade se encontra o barroco. Em sua igreja matriz no centro da cidade em honra a São Tomé das Letras. 

Primeira Declinação


Todos os substantivos da 1º declinação se flexionam como rosa, rosae

SINGULAR

rosa-a       a rosa
ros-ae       da rosa
ros-ae       à rosa
ros-am      a rosa
ros-a        ó rosa
ro-a          pela rosa